Troco minha memória RAM, por uma ROM em bom estado.

Há 40 anos, quando iniciei o esboço deste post num caderno brochura, não imaginava ter envelhecido tanto para ver-me em preto e branco em um monitor de LCD.

Ainda que nada em mim tenha se alterado tanto quanto minha aparência, eu não parecia eu, de ângulo algum, ainda que os pixels rebrilhem familiaridades entre meus olhos  e o meu nariz…

Estive a um passo de dar um boot no espelho, deletar de uma vez todas minhas imagens antigas…  mas a retina tem seu ponto de restauração, independente dos back-ups, do meu sono, da vontade.

Abro os olhos e a memória reinicia.

Salva-me, involuntariamente, do esquecimento.

Anúncios

~ por C. Guilherme A. Salla em 10/10/2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: