Arquivo de dezembro, 2008

Na contra-mão do natal, Ademir Assunção e a poesia que não se vende.

• 19/12/2008 • Deixe um comentário

Sobre a natureza dos prêmios literários, Moacires, pais, filhos e o mercado editorial.

• 13/12/2008 • 5 Comentários

23:45

• 13/12/2008 • 1 Comentário

Acrísio de Camargo rolou no túmulo…

• 11/12/2008 • 3 Comentários

POESIAS TABAGISTAS: Especial de Natal!

• 09/12/2008 • Deixe um comentário

POESIAS TABAGISTAS: Emerson Sitta.

• 06/12/2008 • 1 Comentário

Emerson Sitta, o poeta e seu estômago.

• 06/12/2008 • Deixe um comentário