Dois livros, quatro poemas e 178 anos…

reg10_indaiatubaband

Na próxima semana, dia 9 de dezembro, Indaiatuba, minha cidade, aniversaria.

Mas e daí? Dirão vocês, leitores cristãos. Em dezembro o aniversariante mais celebre não seria Jesus Cristo (JC , como diria um amigo meu)?

Pois é, não há como rivalizar com um cara desses, contudo com seus 178 aninhos, diante das 2009 primaveras do filho de Deus, Indaiatuba sai na frente ao menos no quesito jovialidade…

Pela cidade que ficou conhecida nacionalmente devido à passagem de um tornado, nutro sentimentos ambíguos.

A cidade, linda, primeira colocada no IDH dentre todos os municípios brasileiros, tem um defeito apenas: o seu povo.

Indaiatuba precisa de pessoas que a amem e não que a loteiem ou rifem…

Quatro habitantes da Cidade do México

Frida Kahlo: Quatro habitantes da Cidade do México

Mas, como de praxe, há exceções. Exemplos? Como exemplos são atitudes, então, aí vão duas delas:

  • Na categoria paladinos da memória local:

A Fundação Pró-Memória promove dia 11 às 19h, no Centro de Convenções Aydil Pinesi Bonachela (Rua Primaveras, 210 – Jardim Pompéia), o lançamento do livro Um olhar sobre Indaiatuba II. Com 340 páginas, o livro integra a coleção Crônicas Indaiatubanas, que é lançada a cada dois anos. Este é o sexto livro da coleção e traz 141 textos, entre poesias e prosa, escritos por 115 autores abordando a história da cidade e muitas curiosidades.

  • Na categoria defensores da literatura local:

O 4º Prêmio Literário Acrísio de Camargo que está marcado para 9 de dezembro, a partir das 20 horas na Sala Acrísio de Camargo, no Centro Integrado de Apoio à Educação de Indaiatuba (Ciaei), com uma palestra especial do escritor Moacyr Scliar, um dos imortais da Academia Brasileira de Letras. Outra novidade para a edição 2008 do Prêmio Literário Acrísio de Camargo será o lançamento do livro que reúne as melhores obras de 2007. “O livro reunirá os melhores trabalhos da última edição do concurso, além de algumas obras selecionadas”, revela o novo curador do evento.A iniciativa é da Secretaria Municipal de Cultura, em parceria com a Tribuna de Indaiá.

Bem, como sempre há um interesse movendo as ações, eis o meu: há poemas meus em ambos livros a serem lançados semana que vem, dois em cada um.

Já publiquei aqui dois deles, o “Acróstico Concreto “, tematizando a cidade de Indaiatuba e “Abandono do Lar“, vencedor do Mapa Cultural Paulista e menção honrosa no 3° Prêmio Literário Acrísio de Camargo.

Dois permanecem inéditos… Pelo menos até a próxima semana…

Por Indaiatuba e por um povo novo!

Anúncios

~ por C. Guilherme A. Salla em 04/12/2008.

2 Respostas to “Dois livros, quatro poemas e 178 anos…”

  1. Olá Guilherme:

    Tudo bem?
    Parabéns pelas poesias a serem publicadas nas duas obras de “referência” de nossa cidade, onde “o sol tem calor de amizade”… e não só tornado de e da 24 de maio…
    Lembro também que a cidade faz 178 aninhos… e não “[…]com seus 168 aninhos,[…]” (!)
    Que tal também enviar algumas poesias para o nosso blog escolar, ok?

    \o/ Saudações em NSJC do Gentil

  2. Impressionante, meu caro. Itu, cidade vizinha, completará em 2010 apenas 400 anos de vida.

    Que bela diferença!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: