Essa mulher é um terror!

Jonathan Canady

Quando eu era menino Edgar Allan Poe e seus contos me assustavam, hoje quem me assusta com seus contos é uma jovem senhora chamada Ivana Arruda Leite.

As mulheres de Ivana, hoje, me metem mais medo que a Berenice de Poe…

Cruzar com uma delas entre a copa e cozinha é uma hipótese que me dá calafrios…

ivana arruda leite

 

A VERDADEIRA TRAGÉDIA

Jamais esquecerei aquele 11 de setembro. Quando acordei, estranhei que Hugo ainda estivesse em casa. Normalmente, ele já teria tomado banho, feito o café e saído para o trabalho. Mas não, ainda estava lá, sentado na sala, de camisa esporte.
– Precisamos conversar – ele disse.
– Fala – respondi com a boca seca.
– Eu estou indo embora.
Sem querer ouvir o resto, levantei-me e fui à cozinha. Debrucei-me sobre a pia com o corpo tremendo. Pensei em pegar uma faca.
– A chave está na mesinha – ele disse lá da sala.
Foi a última vez que ouvi sua voz. Soube depois que, nesse mesmo dia, aconteceu um acidente terrível em Tóquio ou Nova Iorque. Um avião egípcio bateu numa torre e derrubou uma antena de televisão. Não sei direito como foi a tragédia, mas duvido que tenha sido pior do que a minha.

190686g

 

 

Ivana Arruda Leite in Ao homem que não me quis, Ediouro.

Anúncios

~ por C. Guilherme A. Salla em 03/05/2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: