Indaiatuba Literária e, quiçá, alguns indaiatubanos literais…

schoolofart05

A literatura anda preenchendo espaço na minha existência de modo desordenado e perigoso.

Vide as desventuras do “cavaleiro da triste figura” pela região da mancha, temo que, no meu particular caso, minha marcha me afaste cada vez mais da realidade.

Não ando mais medindo distâncias e conseqüências para satisfazer esta minha compulsão literária. Muitas coisas que eram colocadas em destaque na ordem do dia andam perdendo posições…

Ontem se encerrou o ciclo da “Roda de Leituras” com Joca Reiners Terron no SESC Campinas.

joca terron

Entre idas e vindas, aproximadamente 600 km foram rodados para que eu pudesse acessar a cultura presencialmente. O Joca brincou comigo dizendo que “mulher nenhuma andaria tanto assim por ele”, ao que respondi que quem havia andado fora meu valente Fiat Uno, não eu…

guilherme salla e joca terron

Porém, é realmente essa a distância que separa um indaiatubano que aprecia a literatura do seu interesse (fora os 18 reais de pedágio).

Parece que isto pode estar prestes a mudar (não, não é o fim do pedágio)!

Éber Sander, anunciou esta semana, finalmente, um projeto de literatura para a cidade. Ei-lo:

indaia

“O “Indaiatuba Literária” é voltado aos escritores, leitores, estudantes, profissionais que trabalham com a literatura e curiosos que poderão trocar experiências e ideias sobre a literatura em encontros específicos que ocorrerão todo terceiro sábado de cada mês, com inicio às 15 horas e término às 17 horas, na sede da Secretaria da Cultura.

A cada encontro um convidado especial irá debater com os presentes assuntos referentes ao mundo das letras, nos encontros acontecerão às trocas de textos e livros entre os escritores que terão a oportunidade de conhecerem o trabalho de seus colegas e de partilharem os seus livros, tomarem conhecimento de concursos literários pelo país e como participarem dos mesmos, os livros mais vendidos do mês, entre outros assuntos.”

O lançamento e primeiro encontro do Indaiatuba Literária aconteceu ontem, na sede da Secretaria da Cultura, tendo como convidada a gentil jornalista, Silvia Bolívar, colunista do jornal Tribuna de Indaiá.

Sei de quanto é valiosa a presença de cada pessoa em eventos desta natureza, mesmo numa cidade como Campinas o número de participantes raramente ultrapassa os dois dígitos, mas que isto não seja motivo para desestímulo. O importante é insistir, criar o espaço, o resto se arranja com o tempo. Contudo não pude comparecer ao lançamento, pois, como já disse, estava no workshop “Velocidade – Literatura e Urgência”. Veja a ementa:

Com Joca Reiners Terron. Escrever pode ser uma atividade muito complicada, mas só se a gente quiser. O português Antonio Lobo Antunes já afirmou que, para conseguir escrever, enrola cerca de 10 horas. Depois disso, quando já está bastante cansado, sua auto-crítica relaxa e ele pode enfim produzir. Mas o que fazer quando não se tem tanto tempo disponível? Como escrever, por exemplo, uma carta de amor no topo do edifício em chamas? Ou como anotar um poema em pé no coletivo quando o ponto final está prestes a chegar? Essas e outras formas de literatura urgente para nossos tempos tão urgentes são algumas das formas da literatura abordadas em Velocidade – literatura e urgência.

As “rodas”, lá no SESC Campinas às quartas das 19:30h às 21:30h, continuam a girar. Em julho a convidada é a escritora Andréa del Fuego (autora dos livros Nego Tudo, Minto enquanto posso, Engano seu, entre outros) culminando com o workshop intitulado “O Tamanho do Miniconto”. Leia a ementa e veja se lhe interessa:

del_fuego

Exercícios de criação literária através da escrita breve. A concisão do texto, a relação entre o texto e o seu meio de publicação, a difusão da obra na rede. Criação, leitura e discussão de textos produzidos pelo grupo. Destinado a quem gosta de escrever e interessados nos mecanismos de criação e na discussão dos próprios textos em exercício. 20 vagas. Inscrições na Central de Atendimentos. Sala de Atividades 1. Dia(s) 18/07, 25/07 Sábados, das 14h às 17h. SESC Campinas.

Vamos que vamos!

Anúncios

~ por C. Guilherme A. Salla em 28/06/2009.

3 Respostas to “Indaiatuba Literária e, quiçá, alguns indaiatubanos literais…”

  1. Como eu posso participar?

  2. […] de Cultura de Indaiatuba, o OUTUBRO LITERÁRIO, parte de um projeto mais amplo denominado INDAIATUBA LITERÁRIA, sob curadoria de ÉBER […]

  3. Reading this I thought it was very informative. I appreciate you taking the time and effort to put this post together. I signed for your blog RSS. Very informative post. Looking more to something like this.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: