6 MINUTOS para gostar de OTTO

Eu vi três shows do OTTO.

Deles não tenho foto.

De fato, o que deles ficou não foram as imagens…

OTTO é paulada no labirinto.

Não sei se vocês já ouviram o novo disco do cara.

Pois deveriam!

CERTA MANHÃ ACORDEI DE SONHOS INTRANQUILOS, novo disco, ainda inédito no Brasil, mas rolando solto na web e nos EUA, é primoroso!

O quarto álbum do pernambucano co-fundador do mangue beat, tem clima de quarto… quarto de ex-casal, quarto de hotel…

O nome é uma referência à KAFKA, em A METAMORFOSE, referencia que este blogue não poderia deixar de apreciar: “Certa manhã Gregor Samsa acordou de sonhos intranquilos”.

Belíssimas canções de amor com toda breguice harmônica que elas tem direito.

Beleza bruta!

São lindos os teclados de bordel, são de chorar as guitarras de CATATAU, do Cidadão Instigado.

Feliz é OTTO na escolha do seu repertório de interprete. Pérolas da MPB como “Lágrimas Negras” de JORGE MAUTNER, em parceria com o NELSON JACOBINA e “Naquela Mesa”, de SÉRGIO BITTENCOURT, filho de JACOB BITTENCOURT, o genial JACOB DO BANDOLIM, imortalizada na voz de NELSON GONÇALVES.

LÁGRIMAS NEGRAS

Jorge Mautner / Nelson Jacobina


Na frente do cortejo
O meu beijo
Forte como o aço
Meu abraço
São poços de petróleo
A luz negra dos teus olhos
Lágrimas negras saem, caem, doem
Lágrimas negras saem,caem, doem
Por entre flores e estrelas
Você usa uma delas como brinco
Pendurado na orelha
Astronauta da saudade
Com a boca toda vermelha
Lágrimas negras saem, caem, doem
São como pedras de moinho que moem
Roem, moem
E você, baby
Vai, vem,vai
E você baby
Vem, vai, vem
Belezas são coisas acesas por dentro
Tristezas são belezas apagadas
Pelo sofrimento
Belezas são coisas acesas por dentro
Tristezas são belezas apagadas
Pelo sofrimento

Lágrimas negras saem, caem, doem
Lágrimas negras saem, caem, doem

NAQUELA MESA (1970)

Sérgio Bittencourt

Naquela mesa ele sentava sempre
e me dizia sempre o que é viver melhor

Naquela mesa ele contava histórias
que hoje na memória eu guardo e sei de cor

Naquela mesa ele juntava gente
e contava contente o que fez de manhã
e nos seus olhos era tanto brilho
que mais que seu filho
eu fiquei seu fã

Eu não sabia que doía tanto
uma mesa num canto, uma casa e um jardim

Se eu soubesse o quanto dói a vida
essa dor tão doída, não doía assim

Agora resta uma mesa na sala
e hoje ninguém mais fala do seu bandolim
Naquela mesa tá faltando ele
e a saudade dele tá doendo em mim…

Darei de ouvir para vocês a canção “6 minutos”, uma mescla do romantismo na letra com guitarras endiabradas de contrapeso. Como eu gosto desta guitarra…

No Uno só rola isso ultimamente…

05 6 Minutos by cgsalla

6 MINUTOS

Otto

Não precisa falar
Nem saber de mim
E até pra morrer
Você tem que existir

Não precisa falar
Nem saber de mim
E até pra morrer
Você tem que existir

Nasceram flores num canto de um quarto escuro
Mas eu te juro, são flores de um longo inverno
Nasceram flores num canto de um quarto escuro
Mas eu te juro, são flores de um longo inverno

Isso é pra morrer
6 minutos
Instantes acabam a eternidade
Isso é pra viver
Momentos únicos
Bem junto na cama de um quarto de hotel

E você me falou de uma casa pequena
Com uma varanda, chamando as crianças pra jantar

Isso é pra viver
Momentos únicos
Bem junto na cama de um quarto de hotel

D’um quarto de hotel
Num quarto de hotel

Não precisa falar
Nem saber de mim
E até pra morrer
Você tem que existir

Nasceram flores num canto de um quarto escuro
Mas eu te juro, são flores de um longo inverno
Nasceram flores num canto de um quarto escuro
Mas eu te juro meu amor, são flores de um longo inverno

Isso é pra morrer

Você me falou
E eu estava lá e falei

Isso é pra morrer
6 minutos
Instantes acabam a eternidade
Isso é pra viver
Momentos únicos
Bem junto na cama de um quarto de hotel

E você me falou de uma casa pequena
Com uma varanda, chamando as crianças pra jantar

Isso é pra morrer
6 minutos
Instantes acabam a eternidade
Isso é pra viver
Momentos únicos
Bem junto na cama de um quarto de hotel

E você me falou
Num quarto de hotel
Num quarto de hotel

Volta para ele Negrini! Ou então, anote aí o meu e-mail…

Reblog this post [with Zemanta]
Anúncios

~ por C. Guilherme A. Salla em 20/11/2009.

3 Respostas to “6 MINUTOS para gostar de OTTO”

  1. Guilherme,
    Acabei de ler uma crônica do Loyola, que dizia: “A vida é uma coleção de perdas”, depois vim pra cá. Parece triste, mas o que fariam os artistas sem elas, as perdas? As melhores poesias, os melhores textos, as maiores canções não existiriam sem elas.
    Vai Alessandra, vai… e deixa o Otto iluminar nossas dores.

  2. Ôh! Alessandra,êta Alessandra. Depois dessa o cara pira. No caso do Otto pirou pro bom som.

  3. É rapaziada… o sofrimento é o combustível da alma… esperem só até eu levar o meu pé na bunda, rsss.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: