Outubro Literário: RUY CASTRO

Ruy Castro

   

O OUTUBRO LITERÁRIO, sob a curadoria de Mônica Kimura apresentou ontem, no plenário da Câmara Municipal, um bate-papo descontraído, apesar da formalidade do espaço, como escritor e biógrafo RUY CASTRO

Com um público acima da média para eventos literários (só não vale contar com a noite de lançamento do livro “Nos tempos do Bar Rex” do fotógrafo e escritor Antonio da Cunha Penna, pois seria covardia… eu só vi o salão social do INDAITUBA CLUBE lotado daquela forma em noite de carnaval…), RUY CASTRO falou sobre as agruras e delícias de um biógrafo, incluindo aí o assédio de pretensos candidatos ao título de biografado da vez, os processos movidos por familiares dos personagens biografados em busca de uma graninha fácil, a entrega e abandono da própria vida e personalidade necessárias para um mergulho profundo na história do personagem eleito. 

RUY diz que são muitas as brechas na Constituição brasileira, o que dá margem a todo tipo de manobra para extorquir dinheiro das editoras e autores e, em casos como o da biografia de ROBERTO CARLOS (Roberto Carlos Em Detalhes, 2006), de PAULO CÉSAR DE ARAÚJO, os processos impediram a própria distribuição do livro. 

“Em um país como os EUA isso nunca ocorreria, os autores podem até ser processados e condenados, mas um livro nunca poderia ser proibido ou recolhido”.   

 

A sua biografia “Estrela Solitária” (1995) sobre o boleiro GARRINCHA chegou a ser recolhida e passou um ano proibida devido a processos movidos pelas filhas do jogador. 

Perguntado sobre futuros projetos para novas biografias, o autor revela que não tem planos para novas empreitadas no gênero: 

“Não vejo nem um outro personagem na história brasileira que me encantem tanto a ponto de entregar minha vida e tempo para pesquisas como ocorreu com NELSON RODRIGUES (Anjo Pornográfico, 1992), GARRINCHA (Estrela Solitária, 1995) ou CARMEN MIRANDA (Carmen, 2005)…”.   

 

"Prefiro biografar defuntos" - diz Ruy Castro

 

Dentre os possíveis cinco livros engatilhados para o próximo ano – para tristeza dos fãs nenhuma biografia entre eles – RUY CASTRO prepara um manual com dicas de como escrever biografias copiladas de cursos que o autor realiza por todo país: 

“Agora, eu gostaria de poder contribuir para que futuros biógrafos possam escrever as biografias dos personagens que eu gostaria de ler.”   

 

Veja a seguir o material impresso com toda a programação do OUTUBRO LITERÁRIO: 

 

   

 

Anúncios

~ por C. Guilherme A. Salla em 08/10/2010.

Uma resposta to “Outubro Literário: RUY CASTRO”

  1. I’ve been checking your blog for a while now, seems like everyday I learn something new :-) Thanks

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: